Operação Porto Seguro: Cerco à corrupção

Condenado do mensalão é flagrado em novo escândalo e Lula se diz surpreso com esquema no gabinete da Presidência em São Paulo

PF identificou 1.179 ligações telefônicas entre o deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), sentenciado pelo STF, e Paulo Vieira, ex-diretor da Agência Nacional de Águas, considerado o chefe de quadrilha que teve seis presos na sexta-feira

Na Operação Porto Seguro, a Polícia Federal descobriu um elo entre o escândalo do mensalão e o esquema de corrupção em agências reguladoras e órgãos federais que levou seis à prisão na última sexta-feira. O deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), recém-condenado pelo STF, tinha estreita ligações com Paulo Vieira,apontado pela PF como o chefe da quadrilha. Segundo petistas, o ex-presidente Lula, apontado como padrinho de Rosemary Noronha, ex-chefe de gabinete da Presidência em SP demitida por Dilma, recebeu com “surpresa e insatisfação” a notícia da participação dela no esquema. “Eu me senti apunhalado pelas costas”, teria dito. Petistas reagiram ao que consideram tentativa de ligar Lula à denúncia.

Suspeito virou conselheiro 11 dias antes de ação da PF

Investigado pela Polícia Federal na Operação Porto Seguro, José Weber Holanda Alves foi nomeado 11 dias antes da ação da PF para atuar no conselho de um fundo de gestão de aposentadoria complementar de servidores. Ele é funcionário do alto escalão da Advocacia-Geral da União.

Investigação aponta o envolvimento de Weber com o esquema de venda de pareceres técnicos para favorecer interesses privados. Procurado, ele não foi encontrado para comentar.

Adams perde força junto a Dilma após denúncias

A demissão do advogado-geral adjunto da União, José Weber Holanda, por ordem de Dilma Rousseff enfraqueceu o ministro Luís Inácio Adams, advogado-geral da União, e tornou praticamente nulas as chances de ele ser escolhido ministro da Casa Civil ou ocupar uma das cadeiras vagas no Supremo Tribunal Federal. Weber Holanda, braço direito de Adams, é apontado pela PF como participante de um esquema de venda de pareceres técnicos. Mesmo após a Casa Civil vetar o nome de Holanda, Adams bancou a ida do adjunto para o cargo. A polícia descobriu mais de mil telefonemas de envolvidos no esquema para um telefone do PR, partido de Waldemar Costa Neto. (O Globo – Folha de SP – Estadão)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s