Novo presidente do STF critica ‘Justiça desigual’

‘Nem todos os brasileiros são tratados com igual consideração’ nos tribunais, diz ele

Na presença da presidente Dilma Rousseff, Joaquim Barbosa também defende a independência dos juízes e condena quem pede favores a políticos para facilitar promoções na carreira de magistrado

Em solenidade prestigiada por artistas, políticos e autoridades, o ministro Joaquim Barbosa, relator do mensalão, tomou posse na presidência do STF defendendo o acesso de todos à Justiça: “De nada valem edificações suntuosas, sofisticados sistemas de comunicação e informação, se naquilo que é essencial a Justiça falha”, criticou ele, ao lado da presidente Dilma, que acompanhou a sessão com expressão fechada. O ministro Luiz Fux disse que o STF não se curvará a interesses de algozes. (O Globo)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s