Jersey condena Maluf a devolver US$ 22 mi a SP

Justiça diz que ex-prefeito desviou dinheiro; ele nega ter conta no exterior

A Corte Real de Jersey, paraíso fiscal britânico, condenou duas empresas da família do deputado Paulo Maluf (PP) a devolver US$ 22 milhões (R$ 45,8 milhões) desviados da Prefeitura de São Paulo, comandada por ele entre 1993 e 1996.

Segundo o tribunal, o ex-prefeito e o filho Flávio montaram um esquema para enviar ao exterior dinheiro referente a comissões pagas na obra superfaturada da atual avenida Jornalista Roberto Marinho (zona sul).

Cabe recurso à decisão, considerada um marco contra a corrupção pelo procurador-geral do Município de São Paulo, Celso Coccaro.

Segundo o procurador, o valor a ser devolvido pode chegar a US$ 32 milhões (R$ 66,6 milhões) em razão dos juros, não calculados.

A assessoria do deputado diz que Maluf não tem conta no exterior e que “a sentença mostra claramente que ele não é réu” em Jersey.

Aliado do PT, Maluf está negociando cargos na gestão do prefeito eleito, Fernando Haddad. Petistas não comentaram o caso. (Folha de SP)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s