Valério disse que mandou dinheiro para Santo André

Operador do mensalão afirmou em depoimento que recursos foram enviados após a morte de Celso Daniel

Condenado no STF por operar o mensalão, o empresário Marcos Valério relatou em depoimento dado em setembro à Procuradoria-Geral da República que recursos do esquema foram enviados a Santo André após o assassinato do prefeito Celso Daniel (PT), ocorrido em janeiro de 2002. Valério disse que o dinheiro serviu para estancar supostas ameaças e chantagens a petistas, informam Ricardo Brito e Fausto Macedo. Segundo a revista Veja, o empresário Ronan Maria Pinto ameaçava revelar o envolvimento do ex-presidente Lula e do ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, no esquema. Carvalho, que foi secretário municipal em Santo André de 1997 a 2001, informou, por intermédio de nota da secretaria-geral, que “nunca teve conhecimento de qualquer ameaça ou chantagem” a respeito de seu suposto envolvimento em pedidos de propinas durante a administração de Celso Daniel. (Estadão)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s