Polarização nacional acirra campanha de Haddad e Serra

Eleições 2012- Final da corrida pela Prefeitura de São Paulo é marcado por boatos e acusações mútuas; Vão às urnas 8,6 milhões de paulistanos; 50 cidades terão segundo turno, com a participação de 31,7 milhões de eleitores

Maior colégio eleitoral do País, com 8,6 milhões de eleitores, São Paulo vai às urnas hoje para decidir se a cidade será governada nos próximos quatro anos pelo ex-ministro da Educação Fernando Haddad (PT) ou pelo ex-governador José Serra (PSDB). Nos últimos dias, a disputa pelo voto na principal metrópole brasileira ficou mais acirrada, com trocas de acusações pesadas entre os dois candidatos. A luta para ocupar a cadeira de prefeito extrapola a disputa municipal e é o principal confronto entre petistas e tucanos, com impacto na eleição presidencial de 2014. Haddad teve com cabos eleitorais, o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff. Serra foi apoiado pelo governador Geraldo Alckmin e pelo prefeito Gilberto Kassab. Hoje haverá segundo turno em 50 cidades, com cerca de 31,7 milhões de pessoas habilitadas a votar. (Estadão)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s