Nova alta impulsiona a retomada da indústria

Maior aumento em 15 meses, porém, será insuficiente para zerar perdas

Impactada por medidas do governo de estímulo ao consumo, a indústria acentuou a sua retomada em agosto e cresceu 1,5% na comparação com o mês anterior, segundo o IBGE. É o terceiro resultado positivo seguido e o maior crescimento desde maio de 2011.

Dos 27 setores analisados, 20 tiveram taxas positivas. A produção de bens duráveis (carros, eletrodomésticos e móveis) aumentou 2,6%.

A indústria deverá manter até o fim do ano a tendência de aquecimento iniciada em junho, na avaliação de analistas. A reação, porém, não será suficiente para zerar as perdas em 2012. A estimativa é de queda em torno de 2% — até agosto, a retração acumulada era de 3,4%.

O ministro Guido Mantega (Fazenda) comemorou o resultado. “Deixamos para trás o período de crescimento fraco”, disse ele. (Folha de SP)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s