Julian Assange, asilado em Londres

Líder do WikiLeaks pede trégua aos Estados Unidos

Em declaração de dez minutos na sacada da Embaixada do Equador em Londres, o australiano Julian Assange pediu aos Estados Unidos que cessem “a caça às bruxas” sobre o WikiLeaks, portal na internet do qual é fundador e que vazou milhares de documentos secretos do governo americano e de outras nações.

“Se o WikiLeaks é ameaçado, também o são a liberdade de expressão e a saúde de nossas sociedades”, disse Assange, que se refugiou na embaixada há dois meses. Ele pediu ao presidente Barack Obama que cesse as investigações do FBI sobre o caso. Washington não confirma a existência desses inquéritos. (Folha de SP)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s