Julgamento do mensalão: Defesa vai negar a compra de votos

Representantes de Dirceu, Genoino, Delúbio e Marcos Valério terão uma hora, cada, para convencer os ministros do STF da inocência de seus clientes

A fase de defesa no julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF) começa hoje com a sustentação dos advogados dos principais réus, os petistas José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares, e também de Marcos Valério e seu sócio Ramon Hollerbach. Todos vão negar que seus clientes tenham se unido para negociar a compra de votos de parlamentares em favor de projetos de interesse do governo Lula. Delúbio, ex-tesoureiro do PT, vai assumir a responsabilidade apenas pelo caixa dois. Os advogados terão uma hora cada para tentar convencer os 11 ministros da inocência de seus clientes. Ontem, ao receber alta, Roberto Jefferson disse que salvou o Brasil de ter Dirceu presidente.

Dirceu explorará falhas de Gurgel

A defesa do ex-ministro José Dirceu, a primeira a ser sustentada hoje no plenário do STF, vai insistir na falta de provas e nas supostas falhas na acusação da Procuradoria Geral da República. “Serão atacadas palavra por palavra, frase por frase” diz o advogado do ex-ministro. (O Globo)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s