Tropa de 150 advogados vai tentar salvar os réus

Os próximos oito dias serão dedicados à defesa dos acusados no plenário do STF

Especialistas alertam que há risco de prescrição dos crimes se houver condenações a penas mínimas de menos de dois anos de prisão, pelos delitos de formação de quadrilha, corrupção, peculato e evasão de divisas

Depois de o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, ter afirmado que o mensalão é “o mais escandaloso caso de corrupção do país”, a partir de amanhã é a vez dos advogados dos 38 réus darem sua versão. Um batalhão de mais de 150 deles, contratado junto aos 30 maiores escritórios do país, entrará em cena para falar no plenário do STF. Com isso, os ministros passarão oito dias, pelo menos, ouvindo argumentos da defesa. Especialistas advertem que a aplicação de penas mínimas para quatro dos delitos pelos quais os réus são acusados – formação de quadrilha, corrupção, peculato e evasão de divisas – levará à prescrição. (O Globo)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s