Artigo exortando Dilma a acordar

Dilma, lembre-se que História lhe julgará

MIRANDA SÁ ( E-mail: mirandasa@uol.com.br )

 

Divulgada a greve de funcionários das empresas estatais de energia, a CUT assumiu, uma semana antes, o apoio ao movimento com desusado tom agressivo contra Dilma. Nunca antes no reinado do PT a frente sindical do partido teve esta atitude. Com Lula, só se via afagos.

Li outro dia um colunista dizendo que o comportamento dos cutistas ‘transmite a impressão que existe algo político nesse posicionamento’, o que é correto, pois a CUT é orientada pelo ‘companheiro’ José Dirceu.

Em Brasília, onde os olhos e ouvidos dos analistas são maiores do que os nossos, especula-se que esta esquisita defesa da CUT à Federação Nacional dos Urbanitários – que não ocorreu com nenhuma outra classe –, é o preparativo de uma mobilização para pressionar o STF no julgamento do Mensalão.

O diabo é quem duvida disso… Por que vigoroso abraço nos urbanitários, se não deu importância (que seria obrigatória, para não dizer especial) à greve dos professores das instituições federais?  Porque não se solidarizou com as 132 categorias de servidores de braços cruzados reivindicando o reajustamento salarial?

A resposta está na marcha dos funcionários grevistas em Brasília, com o enterro simbólico de Dilma. Os atentos pelegos lulo-petistas aproveitaram-se disso para assestar as baterias contra a Presidente, visando conquistar a simpatia dos grevistas à manifestação pró-Dirceu.

Calcula-se em 150 mil o número dos servidores do Executivo de braços cruzados. Com ação ativa, ocupando a Esplanada dos Ministérios, onde acamparam desde a semana passada.

Mesmo sofrendo intensa repressão governista, criticados até de dentro para fora, os professores de nível superior dão exemplo de organização, assumindo a vanguarda do movimento geral. Estes não serão manipulados pelos pelegos da CUT.

O acampamento no centro de Brasília dá visibilidade aos controladores o poder, seja, o tal ‘Partido dos Trabalhadores’ que nada faz pelos trabalhadores, e sim governando para os banqueiros, construtoras, montadoras transnacionais de carros, corporações industriais, e até para os parceiros populistas da Bolívia, Equador e Venezuela.

Pela sigla, acreditou-se um dia que atenderia ao proletariado brasileiro. Ledo engano! Como não pode romper a legalidade democrática da greve, dá-lhe as costas, choramingando a crise econômica que Lula desdenhou, sem nada fazer, e que Dilma dança no mesmo ritmo.

O que se vê no Planalto é aquele jogo infanto-juvenil das cadeiras, onde a música toca com os parceiros girando em torno do assento, e, quando a música pára, falta uma cadeira para um deles. No caso, quem está de pé é a ministra Belchior, com ferrenha oposição aos grevistas.

Quando ficar ‘queimada’, virá a cara-de-pau Ideli das Lanchas, locupletada na cavalgada das amazonas que invadiram o Palácio do Planalto. E depois outra mais, talvez Gleise, que anda encaramujada com medo das reportagens investigativas em seu encalço.

Enfim, assiste-se ao espetáculo de incoerência e sem-vergonhice. A formação educacional e o nível de informação dos paredistas não aceitarão os argumentos econômicos enganosos de um governo cujo cofre está arrombado.

Não passa despercebida a ninguém a gorda distribuição de dinheiro para consultorias e empreiteiras, nos ‘empréstimos’ do BNDES – que chegaram a R$ 360 milhões para a pobre Volkswagen –, além das isenções de taxas e impostos para setores da predileção dos governantes. Para não falar dos odientos ‘cartões corporativos’.

Tenho engrossado o movimento ‘Acorda Brasil’ na Rede Social, sem acompanhar o aplauso fácil da platéia formada pelas tropas de ocupação do PT; mas gostaria de gritar “Acorda Dilma!”.

Sinceramente, eu gostaria de ajudá-la a conscientizar-se da importante função que assume na Presidência da República. Lembrando-lhe que a História a julgará.

 

 

Anúncios

6 Respostas para “Artigo exortando Dilma a acordar

  1. Caro amigo:
    Meu escritório fica em frente ao prédio da administração central da Amazonas Energia. Dá prá ouvir, portanto, os acalorados e insandecidos discursos dos cumpanhêrus contra a empresa e o governo federal. Nem se a deelma fosse do PSDB apanharia tanto. Remetem sempre à confiança que depositaram nela a pedido do 9 dedos e caem matando.
    Professores em greve não geram problemas exceto por marcahs e manifestos; mas urbanitários têm o poder de não reparar acidentes nas redes e gerar caos nas cidades. Assim como estão gerando os auditores fiscais da receita que paralizaram as fábricas aqui no polo industrial de Manaus com sua greve.
    Encurralaram a governANTA para livrar a cara do terrorista-chefe da quadrinha.

  2. Miranda, que excelente artigo!Realmente a História julgara esse desgoverno, como o pior que já tivemos ! Triste por isso.Muito triste.
    Abs.

  3. FALTAM PRATICAMENTE UM ANO E MEIO PARA A COPA. E A QUESTÃO SEGURANÇA,SAÚDE E EDUCAÇÃO ESTÁ UMA MERDA. O QUE SERÁ DOS TURISTAS?

  4. Antonio Carlos Roos

    Desculpe amigo mas essa gente não esta preocupada com a história!! A única preocupação de petista é a próxima eleição!!!

  5. Miranda, belo texto, você está “afiado” aliás, tudo que li saído da sua pena, gostei.

  6. Caro, Miranda
    A nossa digníssima esta bem acordada, ela sabe bem para onde quer levar o governo e pode ter certeza não é para qualquer direção que atenda os anseios do país

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s