Brasil tem 82 escolas de 1º Mundo em áreas pobres

Colégios públicos oferecem ensino de alta qualidade para alunos de baixíssima renda

Entre as mais de 40 mil escolas públicas do Brasil, 82 se destacam pela excelência em meio à pobreza. Atendem alunos que estão entre os 25% mais pobres do país e conseguem atingir no Ideb, principal avaliação federal de qualidade do ensino, média igual ou superior a 6, considerada pelo MEC como de nações desenvolvidas, mostram Antônio Gois e Chico Otavio. Com a ajuda do economista Ernesto Martins Faria, da Fundação Lemann, O Globo identificou essas super escolas e percorreu o país para mostrar o que há em comum entre elas, nas série de reportagens que começa hoje. Num colégio no interior do Amazonas, professores vão buscar em casa alunos faltosos e alfabetizam pais que não sabem ler. Na zona rural de Teresina, uma escola de filhos de lavradores teve o Ideb mais alto da rede pública no Nordeste. (O Globo)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s