Nem incentivos de R$ 102 bi seguram queda da indústria

IBGE aponta recuo de 4,3% na produção em maio, o nono seguido

Apesar de sete pacotes no governo Dilma Rousseff e R$ 102 bilhões distribuídos em incentivos fiscais, a indústria brasileira continua em declínio: houve recuo de 4,3% na produção em maio frente ao mesmo mês do ano passado, como divulgou ontem o IBGE. A queda em maio foi a nona seguida e ocorreu em 17 dos 27 setores pesquisados pelo instituto. Até o setor de capital, que vinha registrando alta, teve freio. Os números também foram negativos na comparação com abril. A produção caiu 0,9%. Segundo o Ipea, os números mostram que o modelo de estímulo ao consumo, que vem sendo adotado nos últimos meses, está esgotado e seria preciso incentivar investimentos de grande porte no país. (O Globo)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s