Governo quer cortar ICMS para baratear telefone

Paulo Bernardo afirma que imposto cobrado pelos Estados é ‘muito alto’ e fala em desonerar aos poucos

O ministro Paulo Bernardo (Comunicações) quer reduzir impostos e encargos para baratear a conta de telefone, a exemplo do que propôs a presidente Dilma Rousseff em relação à energia elétrica. “Eu acho que o ICMS estadual é muito, muito, muito alto”, disse Bernardo em entrevista ao Estado, referindo-se ao imposto que mais pesa nas tarifas telefônicas e que é cobrado pelos Estados. “Só tirar a carga federal não vai resolver, temos de convencer os governadores a tirar um pedaço.” O ICMS varia de 27%, e Bernardo defende uma alíquota de 25%. O ministro disse saber que a negociação será difícil, que os Estados “têm contas a pagar”, mas afirmou que é possível negociar um plano para desonerar aos poucos. (Estadão)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s