Rocinha: Era das UPPs tem 1º PM morto

Cabo do Batalhão de Choque levou tiro ao revistar suspeito, na estreia do patrulhamento nas vielas

No primeiro dia do policiamento a pé em vielas da Rocinha, adotado para enfraquecer o tráfico que resiste na comunidade, um cabo do Batalhão de Choque foi morto com tiro de pistola ao abordar um suspeito. Rodrigo Cavalcante, de 33 anos, foi o primeiro policial assassinado numa comunidade em processo de pacificação – a Rocinha está ocupada desde novembro para a implantação de uma UPP – e, também, a nona vítima de bandidos na favela este ano. Após o crime, 150 PMs subiram o morro para reforçar as buscas ao assassino, que conseguiu fugir. A PM decidiu transferir o centro de controle da ocupação para uma parte mais alta do morro. O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, disse que a implantação do policiamento está sendo tão difícil quanto foi em outras comunidades. (O Globo)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s