Todos os novos PMs do Rio farão estágio na Rocinha

Até instalação da UPR favela servirá de treinamento para recrutas

Enquanto a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) não chega, a Rocinha ganhará status de Área de Estágio Prático-Operacional, servindo de treinamento para todos os recrutas da PM, egressos do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças. Na próxima sexta-feira, a comunidade – a primeira em processo de pacificação a enfrentar disputas entre traficantes por pontos de vendas de drogas, com sete assassinatos só neste trimestre – terão o efetivo de PMs dobrado, de 350 para 700, todos recém-formados. A estratégia de concentrar na Rocinha os novos policiais, segundo o comando da PM, visa a agilizar o combate ao crime na favela, a maior da Zona Sul do Rio. Segundo especialistas ouvidos pelo GLOBO, por trás das resistências do tráfico está a disputa pelos mais lucrativos pontos de venda de drogas do estado, com faturamento estimado em R$ 1 milhão por mês, no vazio deixado pela prisão de Nem às vésperas da ocupação. (O Globo)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s