Senador atuou em prol de acusado de contravenção

Investigação revela que Demóstenes ajudou Cachoeira no Congresso e no Governo

Investigação feita pela PF indica que Demóstenes Torres (DEM-GO) usou o cargo de senador para atender a interesses do empresário Carlinhos Cachoeira preso sob a acusação de explorar jogos ilegais no Congresso e no governo federal.

O congressista defendeu pessoalmente na Anvisa as demandas de um laboratório que a polícia diz ser de Cachoeira e acertou com ele ajuda em um projeto de legalização de jogos de azar e em um processo judicial, como revelam escutas da PF.

Em outro grampo, o empresário pediu a Demóstenes para barrar o depoimento de um amigo empreiteiro. No Senado, a cassação do parlamentar, ameaçado de expulsão pelo DEM, é dada como certa caso seja investigado pelo Conselho de Ética. (Folha de SP)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s