Senador fazia lobby para bicheiro, revela gravação

Demóstenes e Cachoeira se chamavam de ‘Doutor’ e ‘Professor’; STF quebra sigilo

Gravações da Polícia Federal feitas ao longo de 2009 e obtidas pelo GLOBO mostram que o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) pôs seu mandato a serviço dos negócios de Carlinhos Cachoeira, que está preso pela exploração de jogos de azarem Goiás. Nosdiálogos, Demóstenes, que trata Cachoeira de “Professor” e por ele é chamado de “Doutor”, acerta com o contraventor táticas que vão da interferência em processo judicial ao lobby no Congresso pela legalização do jogo. As conversas desmascaram o senador, que sempre alegou desconhecer atividade ilícita do amigo. Em um dos diálogos, no qual Cachoeira pede a Demóstenes para ver um projeto de lei que transforma contravenção em crime, o senador o alerta: “Então, inclusive te pega, né?!” Ontem, o ministro do STF, Ricardo Lewandowski, autorizou a quebra de sigilo bancário de Demóstenes. (O Globo)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s