Neonazistas atuam no DF há 30 anos

Brasiliense que planejava ataque a alunos da UnB não é um caso isolado de disseminação do ódio racial

Desde o começo da década de1980, aPolícia Civil tem conhecimento da atuação de grupos de admiradores de Hitlerem Brasília. Pelomenos três mortes até agora não esclarecidas podem estar ligadas a atividades de extremistas. Em comunidade de acesso restrito no Facebook, ex-colegas de escola contam como praticavam bullying contra Marcelo Valle Silveira Mello, que, em seu perfil virtual, se define “apenas mais um maluco neste mundo”. (Correio Braziliense)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s