Artigo temático do meio da semana

A ‘ética’ do mercado e a ‘ética’ da política

 MIRANDA SÁ (E-mail: mirandasa@uol.com.br)

 

Não é absolutamente por acaso que o PT, partido que está no poder, e amplos setores do ‘governo de coalizão’, trabalham incessantemente para controlar a imprensa. Há registros em congressos, convenções e conferências de ataques lulo-petistas à liberdade de expressão com propostas e projetos para executá-los.

Também pudera. A cada dia o bom jornalismo vem mostrando que substitui os órgãos governamentais na descoberta de crimes contra o Erário. A última foi a formidável reportagem investigativa do jornalista Eduardo Faustini saída no Fantástico, programa dominical da TV-Globo.

As revelações contidas na matéria são flagrantes de corruptos e corruptores arquitetando fraudes em licitações no Hospital Pediátrico da UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro. É uma contundente denúncia sobre o funcionamento do esquema corrupto das licitações e concorrências nos órgãos da administração pública.

As imagens são claras, mostrando corretores de empresas acertando propina para obter benefício em licitações e embolsar verbas. Ali se ensina duas lições: uma, que há uma ‘ética’ no mercado das fraudes; e outra, como se fazer um concerto entre os concorrentes da caça ao tesouro…

A ‘ética’ dos corruptos é a obediência a uma tabela de valores que serão distribuídos entre os envolvidos na adulteração; e a montagem do esquema identifica os participantes da concorrência na retirada dos editais.

Assistida a novela da devassidão, congressistas, juízes, ministros e promotores se mostraram assombrados, como se tivessem tomado conhecimento dessa trama pela primeira vez. O que estarreceu os políticos apenas confirmou para o povão o que se sabe há muito tempo.

Todos ouvem falar, conversam e divulgam esses arreganhos de corrupção que para a classe política parece novidade… Quase todo mundo toma conhecimento que servidores públicos, com mandato parlamentar e ocupantes de cargos executivos, estão dispostos a se entregar ao um corruptor e facilitar-lhe o avanço na coisa pública.

Há um secretário, no Rio, conhecido como “20%”. É um apelido que lhe cai como uma luva. Outros servidores variam em gênero número e grau… Eles e elas recebem 10%, 15%, 20% e até 30% para facultar o acesso do subornador a um contrato ou uma licitação.

Diante da reação dos governantes e parlamentares no caso do Hospital Pediátrico da UFRJ, fica a impressão de que a ‘classe dirigente’ não faz parte da sociedade, pois não vê e não ouve o que o povo mostra e fala. Vivem noutra dimensão, totalmente fora da realidade.

O mundo virtual dos políticos obedece também a uma ‘ética’ como a ‘ética de mercado’ da corrupção. Há, sem dúvida, muitas e honrosas exceções, mas a grande maioria vive e se movimenta num fabuloso País de imposturas.

Com este escândalo, porém, todos se animam e se agitam para punir os corruptos, principalmente porque, à primeira vista, não há nenhum ‘colega’ metido na história. O governo toma medidas enérgicas e os parlamentares trabalham para criar uma CPI da Saúde. Enfim, teremos uma ou duas semanas de caça às bruxas das licitações públicas.

São quatro empresas implicadas no caso: A locadora de veículos Toesa Service; Coletora de lixo Locanty Soluções; Bella Vista Refeições Industriais; e Rufolo Serviços Técnicos e Construções. O agente público era fictício.

Noves fora o funcionário – um repórter que passou pelo tal – as empresas vão responder por processos e o Ministério da Saúde já baixou portaria suspendendo contratos em vigor com elas; e no Congresso teremos uma CPI mista.

Estando, porém, em vigor a ‘ética do mercado’ e a ‘ética da política’, estabelecidas pelas tropas de ocupação do Planalto, a suspensão dos contratos e a CPI só terão efeito até que as máfias se rearticulem e encontrem outras portas se abrindo…

Anúncios

6 Respostas para “Artigo temático do meio da semana

  1. A cada dia o bom jornalismo vem mostrando que substitui os orgaos de fiscalizaçao do governo.
    Revelações flagrantes de corruptos e corruptores escancaradas pela imprensa e constatadas por governos, aturdidos na tarefa obreira de nega-las a existência, a ciência ou ambos.
    O mundo virtual dos políticos obedece também a uma ‘ética’ a ética do “não existe provas sobre estas acusaçoes”! (será porque? nunca há provas suficientes)
    Eduardo Faustini são casos de jornalismo, cada vez mais raro.

  2. Bom, deixo claro que isso não é ética de Mercado nem aqui nem na China.
    O Mercado, o capitalismo, defende a livre concorrência, o que esses vagabundos “proprineiros? tolhem de outras empresas sérias.
    Se há uma ética de propina – aí sim, fica mais apropriado -, é porque há os piores da outra ponta: o funcionário público. E explico o porquê: é o funcionário público que lida com o dinheiro público, com o seu, o meu e o dinheiro do zé da esquina.
    Pelo pouco que assisti, pois vi qual a intenção da matéria, pareceu que o Fantástico quis passar a idéia de que o coitadinho do chupim (funcionário público vagabundo) é vítima de empresários malvadões.
    Esses empresários nunca respiraram capitalismo, infelizmente. E pior, nunca respiraram LIBERALISMO.
    Sabe o que aconteceria nos EUA? Todos seriam algemados e presos. Sabe o que vai acontecer aqui? Pois é…

  3. Claro que não é a ética do mercado. A ‘ética’ de que eu falo é aquela que o corruptor falou sobre os valores das propinas… Uma ironia de cafageste… obdo pelo comentário, abs

  4. Solano Sergio

    Todos, acredito, inclusive os corruptos e corruptores que não participaram deste flagra estão boquiabertos. Esta pratica acontece abertamente em todos os níveis de governos. Somente a imprensa livre e cumpridora de sua missão irá modificar, aos pouco, essas prática. FICO PENSANDO: SERIA BOM SE TIVESSE DIVULGADO, TAMBÉM, OS FORNECEDORES QUE NÃO ACEITARAM PAGAR PROPINA, POR SEREM HONESTOs? Acredito que seria um bom exemplo.

    Abraço.

  5. EXCELENTE ARTIGO, Mirandão. EM SE TRATANDO DE BANDALHEIRA/ROUBALHEIRA/CORRUPÇÃO E #SemVergonhice, SOMOS IMBATIVEIS! NÚNCA SE VIU TANTA SAFADESA NESTE PAÍS. EM TEMPOS DE CORJA PETRALHA, Q SOB O COMANDO DO CALHORDA #CururuEsfomeado, TIVERAM O MÉRITO DE INSTITU

  6. CORRUPÇÃO, EMBORA EM NÚMERO INFINITAMENTE INFERIOR AO Q OS CANALHAS NA EPOCA OPOSIÇÃO, HJ GOVERNO CORRUPTO/LADRÃO ALARDEAVAM! O FATO É Q VIRAMOS O PAÍS DA BANDALHEIRA, DA SAFADESA, DA LADROAGEM! OS PETRALHAS, SOB O COMANDO DO #CururuEsfomeado (O DEUS DOS OTÁRIOS/ABEXTADOS/RETARDADOS/AJUMENTADOS) E COM O AVAL/APOIO DE ALIANÇAS FORMADAS/COMPRADAS A TOQUE DE CAIXA, ESTÃO TRANSFORMANDO O BRASIL NO PAÍS DA MENTIRA/TRAPAÇA/ENGODO/CORRUPÇÃO/ROUBALHEIRA/BANDITISMO/BANDALHEIRA INSTITUCIONALIZADA!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s