Comentário (III)

Lei Rouanet e crise na cultura

 

Há 18 anos a produção cultural brasileira apóia-se na Lei Rouanet. Calcula-se que 90% das iniciativas culturais, em qualquer ramo, viabilizaram-se pelas Leis de Incentivo à Cultura. Poucas produções sustentam-se apenas na bilheteria, quase todas da música popular e artistas de renome. Explica-se o acirrado debate que tomou conta das classes culturais brasileiras nos últimos dias em torno da extinção da Lei Rouanet e adoção de nova legislação, propostas pelo ministro Juca Ferreira, que deu prazo de 45 dias para discussão e posterior envio das mudanças ao Congresso Nacional.

 

Mauro Werkema

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s